Home
20 de maio – Dia Nacional de Mobilização Contra a Constitucionalização da Corrupção

20 de maio – Dia Nacional de Mobilização Contra a Constitucionalização da Corrupção

 Entidades vão às ruas contra ofinanciamento de eleições por empresas

Caminhada e ato cultural marcarão o Dia Nacional de Mobilização Contra a Constitucionalização da Corrupção

A Coalizão pela Reforma Política Democrática e Eleições Limpas realizará Caminhada e ato cultural nestaquarta-feira (20), comconcentração às 9hem frente à Catedral de Brasília. OBloco da Reforma Política Democrática, que seguirá até a Câmara dos Deputados, marca o repúdio popular à corrupção e ao parecer da Comissão Especial da Câmara dos Deputados para a Reforma Política.

O relatório apresentado à Comissão de Reforma Política da Câmara constitucionaliza o financiamento empresarial das campanhas e cria o “distritão” para a eleição de deputados e vereadores aprofundando a influência do poder econômico nas eleições. “O financiamento por empresas das campanhas eleitorais é uma das principais origens da corrupção no Brasil”, sintetiza dom Joaquim Mol, Bispo Auxiliar de Belo Horizonte e coordenador da Comissão pela Reforma Política da CNBB, uma das 113 entidades que integram a Coalizão.

O Projeto de Lei de Iniciativa Popular da Coalizão propõe a extinçãodo financiamento das campanhas políticas por empresas, a paridade de sexo, eleições proporcionais em dois turnos e o aperfeiçoamento de mecanismos de democracia direta.A sociedade continuará mobilizada na coleta de assinaturas, até atingir o marco de 1,5 milhão.

Sua assinatura vai virar lei – Para aderir ao Projeto de Reforma Política Democrática e Eleições Limpas, imprima o formulário pelo site (www.reformapoliticademocratica.org.br), assine e envie para a Secretaria Nacional da Coalizão (SAS, Quadra 05, Lote 2, Bloco N, Edifício OAB, 1º andar, Brasília/DF – CEP: 70.070-913).

 

Executiva da Coalizão pela Reforma Política Democrática e Eleições Limpas

OAB (Ordem dos Advogados do Brasil)
CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil)
Contag (Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura)
CTB Nacional (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil)
CUT Brasil (Central Única dos Trabalhadores)
MCCE (Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral)
Plataforma dos Movimentos Sociais pela Reforma do Sistema Político
UNE (União Nacional dos Estudantes)

Deixe um comentário